Graduação Tecnológica: tudo o que você precisa saber

A busca constante por qualificação profissional tem sido um dos caminhos mais seguros para trilhar quando a meta é conquistar a tão desejada vaga no mercado de trabalho.

E você sabia que cursos tecnólogos, licenciaturas e bacharelados são tipos de graduações e que em todas essas modalidades o/a estudante obtém o diploma de conclusão no ensino superior?

É isso mesmo! As diferenças entre essas modalidades estão na abordagem acadêmica e no tempo de duração do curso.

Cursos tecnológicos são cursos superiores rápidos, entre 2 e 3 anos e meio de duração. Eles podem acelerar a sua entrada no mercado de trabalho e/ou te promoverem a cargo de gestão rapidinho. Show, né?!

Mas, se você pensa que são cursos voltados somente para o segmento da tecnologia, engana-se. Você pode se formar tecnólogo nas áreas de Humanas, Exatas ou Biológicas, por exemplo.

Se você ficou interessado/a e deseja saber mais, continue a leitura deste texto.

O que é Graduação Tecnológica?

A graduação tecnológica só pode ser realizada após o término do Ensino Médio, assim como as outras modalidades (bacharelados e licenciaturas).

image 1
Fonte: https://blog.mrhgestao.com.br/graduacao-tecnologica-e-confiavel-entenda-se-vale-a-pena/

A graduação tecnológica – também chamada de curso tecnólogo – vale ressaltar, é uma formação prática, a qual foca em uma determinada área do conhecimento acadêmico. No geral, as grades curriculares desses cursos costumam ser mais enxutas, abordando disciplinas mais práticas e menos teóricas.

Assim, ao finalizar o curso, os/as estudantes se formam e recebem um diploma de curso de nível superior. De modo geral, os cursos abrangem áreas como:

  • recursos humanos;
  • estética e cosmética;
  • gestão e negócios;
  • segurança;
  • meio ambiente e saúde;
  • lazer, turismo e hospedagem;
  • comunicação;
  • tecnologia.

Conhecendo a história da Graduação Tecnológica

Os Cursos Superiores de Tecnologia começaram a ser ofertados na educação profissional brasileira ainda nos anos 1970, devido à necessidade de formação e qualificação de trabalhadores para atender à demanda das empresas instaladas no período de industrialização e modernização.

Entre 2000 e 2010, o Brasil passou a potencializar a educação profissional de nível superior como uma resposta estratégica tanto de escolarização quanto de atendimento ao setor produtivo. Alguns fatores parecem ter pressionado essa iniciativa. Um deles é que há um contingente expressivo de alunos formados no Ensino Médio buscando a continuidade dos estudos.

Outro fator relevante é a tendência educacional mundial de investimentos na educação profissional. Nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, por exemplo, mais da metade dos alunos formados no Ensino Superior se forma nessa modalidade de ensino (Parecer CNE/CES no 436/2001).

Benefícios/vantagens de cursos tecnológicos

São cursos que se destacam pelo viés profissionalizante, indicados, principalmente, para quem quer ingressar no mercado de trabalho de modo mais rápido.

São cursos com uma matriz curricular mais direcionada para desenvolver habilidades profissionais, ou seja, o tecnólogo é um candidato que já sai da faculdade preparado para atuar na área que escolheu.

Podem ser cursados de modo presencial e EaD, também recebem o reconhecimento pelo Ministério da Educação (MEC). A forma de ingresso acontece de forma semelhante às outras graduações, podendo ser por meio do vestibular próprio da instituição de ensino ou com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Por terem diplomas de nível superior, os tecnólogos costumam alcançar remunerações mais altas do que os técnicos, que possuem formação de nível médio. Nesse sentido, com uma graduação tecnológica é possível aumentar a renda em pouco tempo.

Esse modelo também permite que o/ acadêmico/a preste concursos públicos, salvo se o edital exigir bacharelado ou licenciatura. Vale reforçar, ainda, que cursos tecnológicos permitem ao profissional, posteriormente, cursar pós-graduação tanto lato sensu – especialização – quanto stricto sensu – mestrado e doutorado.

Melhores cursos de Graduação Tecnológica

Gestão Comercial

Gestores Comerciais são fundamentais para toda e qualquer instituição, uma vez que algumas de suas atribuições são: incorporar uma série de inovações associadas à área da gestão de gente e à performance em vendas; proceder à análise de resultados; efetuar controle de custos; realizar gestão financeira e tributária; gerir o relacionamento com o cliente; dentre outras.

Graduação em Gestão de RH

Profissionais da Gestão de Recursos Humanos costumam ser imprescindíveis em instituições de diferentes segmentos, haja vista que suas funções são de cunho estratégico, tais como: elaborar plano de cargos e salários; gerir processos de recursos humanos e comportamento organizacional; implantar técnicas e ferramentas operacionais na gestão de pessoas/recursos humanos; gerenciar sistemas de avaliação de desempenho de colaboradores; avaliar a necessidade de contratação de novos colaboradores, dentre outras.

Gestão Hospitalar

Gestores Hospitalares são profissionais essenciais em instituições de saúde, pois suas atividades vão desde planejamento e controle de compras, estruturação do centro de custos, supervisão de contratos e convênios, diagnóstico e solução de problemas técnico-administrativos até questões como materiais, equipamentos, logística dos estabelecimentos de assistência médica.

Graduação em Gestão em Estética e Cosmética

Profissionais Gestores em Estética e Cosmética possuem visão empreendedora, o que viabiliza que trabalhem em negócio próprio ou gerenciem empresas nesse nicho. Podem atuar em diferentes áreas, todas elas visando à saúde, beleza e bem-estar, tais como: agências; casas de repouso; clínicas e centros de estética; empresas de produtos cosméticos; institutos e centros de pesquisa; dentre outros.

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestores de Tecnologia da Informação são profissionais que possuem características técnicas em que se destacam a capacidade de compreender, avaliar, implantar, adaptar e gerir a utilização das modernas tecnologias da informação dentro das organizações. Suas possibilidades de atuação abrangem necessidades de implantar e gerir Tecnologias da Informação nos mais diversos campos de aplicação (saúde, educação, jurídica, engenharias, agropecuária, financeira, de negócios, etc.).

Conclusão: vale a pena fazer?

Graduações Tecnológicas estão super em alta no mercado e conquistam cada vez mais adeptos/as. É o que indicam os dados do Censo da Educação Superior de 2020 – hiperlink: https://www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/pesquisas-estatisticas-e-indicadores/censo-da-educacao-superior (último ano da pesquisa), realizado pelo MEC.

Conforme o estudo, houve crescimento de 23,07% na quantidade de cursos de graduação tecnológica oferecidos no formato presencial no Brasil, no período de 2011 a 2020. Em uma década, o salto foi de 5.192 cursos para 6.390 disponíveis. Em relação aos ingressantes, a quantidade cresceu de 443.253, em 2011, para 980.164, em 2020.

Agora que você já sabe o que é uma graduação tecnológica, estude por meio dos cursos de graduação, especialização e MBA da Faculdade ITH, de Goiânia-GO. Você pode estudá-los de forma presencial, on-line ou híbrida.

Para mais informações, segue link do WhatsApp do ITH: https://web.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=556230917079

Deixe um comentário