Home
Cursos
Favoritos0
rotina de um enfermeiro no hospital

Como é a rotina de um enfermeiro no hospital?

Seja em hospitais, clínicas ou outras instituições de saúde, faz parte da rotina de um enfermeiro no hospital estar na “linha de frente”. Ou seja, o profissional de Enfermagem presta os primeiros atendimentos, realiza exames preliminares, preenche fichas médicas, administra os medicamentos prescritos e monitora o quadro geral de saúde dos pacientes internados.

Aliás, muitos afirmam que essa profissão da área da saúde é para quem realmente tem vocação para cuidar dos outros. E não é por menos, viu? De fato, o profissional enfermeiro é aquele que está todo dia em contato com os pacientes, realizando procedimentos clínicos e executando tratamentos, não é verdade?!

Com efeito, os enfermeiros e técnicos de enfermagem desempenham papel singular no acolhimento humano e cuidado personalizado do paciente. Assim, em uma equipe multidisciplinar, eles exercem papel de facilitadores dos processos diários da assistência e colaboram na aplicação das melhores práticas de segurança na rotina de manejo dos pacientes.

Mercado de trabalho em Enfermagem

A pandemia do novo Coronavírus, que afetou a todos mundialmente, evidenciou ainda mais os inúmeros desafios enfrentados por trabalhadores da área da saúde. Ou seja, além das questões de saúde pública, como recursos escassos, falta de profissionais e insumos, houve, ainda, o estopim da saúde mental.

Hoje, o mercado de trabalho para profissionais enfermeiros está bastante aquecido e disputado. Nesse sentido, vale ressaltar que a atuação deste profissional é extremamente relevante da saúde básica à alta complexidade na vida de um paciente.

Contudo, destaca-se que a carreira de enfermeiro não consiste apenas no atendimento, pois também permite atuar na gestão hospitalar e em outros desafios, como a gestão pública e a vida acadêmica. De fato, os enfermeiros podem seguir carreira nas áreas hospitalar e clínica, na biossegurança, na pesquisa e no resgate, por exemplo.

Diante do cenário atual, sabe-se que a jornada de trabalho tem demandado mais empenho de todos, sobretudo, nos momentos delicados de perda de paciente, pessoas próximas ou colegas de trabalho. Por isso, os profissionais afirmam que são essenciais na luta não só contra a Covid-19, mas contra outras patologias, como HIV, câncer e doenças mentais – para citar apenas algumas.

Especializações mais indicadas aos enfermeiros

Atualmente, como você deve imaginar, não basta ser apenas graduado. Com efeito, o atual mercado de trabalho exige que os profissionais estejam constantemente atualizados, em formação continuada. Nesse sentido, cursar uma especialização – pós-graduação lato sensu – é uma escolha promissora.

Na faculdade ITH, Edtech de cursos life long learning com 8 anos de história no Ensino Superior, há especializações nas áreas de saúde e gestão. Hoje, a instituição possui mais de 50 opções de cursos de graduação, pós-graduação e MBAs; mais de 7 mil alunos formados; professores especialistas, mestres e doutores e, ainda, nota máxima no Ministério da Educação (MEC), no EaD.

Algumas especializações da Faculdade ITH aos profissionais enfermeiros:

Assim, vale reforçar que, além de competências técnicas, as chamadas hard skills, no ramo da saúde as competências socioemocionais/comportamentais – as soft skills – também são muito requeridas. Portanto, não basta só dominar conceitos técnicos e práticas assistenciais, é necessário saber liderar, comunicar-se e tomar decisões estratégicas, não é verdade?!

Leia também: O que a faculdade não ensina que as empresas exigem?

Áreas de atuação e média salarial de enfermeiros hospitalares

Atualmente, a atuação da enfermagem é bastante ampla e diversa. Em geral, o trabalho está relacionado à assistência hospitalar, à educação continuada, aos serviços de internação em clínica médica. Ainda, atuam em saúde da mulher, com atividades em centro cirúrgico, pediatria, pronto-socorro, cuidados paliativos, transplantes, entre outros.

De acordo com informações do Cofen (Conselho Federal de Enfermagem), em julho de 2022, por exemplo, havia 666.555 enfermeiros em atividade no Brasil. Se somarmos os técnicos e auxiliares de enfermagem, são mais ou menos 2 milhões e 700 mil profissionais da área. E o número aumenta a cada dia!

Eis alguns locais de atuação de profissionais enfermeiros:

  • clínicas de estética;
  • casas de parto/maternidades;
  • casas de repouso/lares de idosos;
  • laboratórios de análises clínicas/biológicas;
  • ambulatórios;
  • consultórios particulares;
  • creches;
  • centros esportivos;
  • ambulâncias;
  • acampamentos;
  • UPAS;
  • aeronaves; dentre outros.

Em qualquer campo de trabalho, a entrada do enfermeiro recém-formado no mercado é ótima. A média salarial fica entre R$ 1,5 mil e R$ 8 mil, podendo variar bastante conforme o cargo ocupado, o tempo de carreira em Enfermagem, as especializações e as funções desempenhadas.

Desafios à rotina de um enfermeiro no hospital

Como em qualquer ramo, a saúde, no Brasil e no mundo, enfrenta obstáculos, seja em termos de pessoal, seja em termos de políticas públicas para acesso democrático às questões de saúde no país. No entanto, vale lembrar, somos a única nação que tem um sistema próprio e gratuito de saúde, o SUS.

Hoje, os maiores desafios dos profissionais enfermeiros estão associados a aspectos organizacionais. Infelizmente, há escassez de material, falta de assistência e ausência de mão de obra especializada. Logo, isso causa redução de equipe e resulta em um atendimento precário, impactando a qualidade da segurança dos pacientes.

Além disso, outros desafios são encontrados na rotina de um enfermeiro no hospital:

  1. Salários;
  2. Falta de valorização profissional;
  3. Escassez de materiais hospitalares;
  4. Estrutura física inadequada;
  5. Processos médicos;
  6. Concorrência;
  7. Responsabilidade elevada;
  8. Sobrecarga de trabalho;
  9. Abdicação de tempo em família;
  10. Pressão dos pacientes e da sociedade;
  11. Necessidade de atualização constante.

Quer saber mais sobre gestão e liderança em saúde? Então acesse: Gestão e Liderança das equipes de saúde: qualidade e segurança do paciente

Agora que você está por dentro de como é a rotina do enfermeiro no hospital, venha conhecer os cursos de graduação, pós-graduação, MBA e extensão da Faculdade ITH, de Goiânia-GO. Você pode cursá-los de forma presencial, EAD ou híbrida.

Para mais informações, fale conosco pelo WhatsApp da Faculdade ITH.

Onde o enfermeiro pode trabalhar - Faculdade ITH

Mercado de Trabalho em Enfermagem: saiba onde o enfermeiro pode trabalhar

O mercado de trabalho da Enfermagem é essencial para a saúde pública. Com o aumento da procura por cuidados de saúde, a presença dos enfermeiros tornou-se fundamental. Desse modo, eles desempenham um papel vital em hospitais, clínicas, lares de idosos e diversas outras instituições de saúde.

Hoje, há mais valorização dos enfermeiros, o que viabiliza cenários mais competitivos e melhores condições de trabalho. Além das áreas tradicionais, como enfermagem hospitalar, surgem oportunidades em setores como cuidados domiciliares, saúde mental, saúde estética e pesquisa clínica.

No entanto, as dificuldades persistem: a carga de trabalho costuma ser intensa e cansativa, com longos turnos e situações emocionalmente desafiadoras. Nesse contexto, a atualização constante de conhecimentos é crucial devido aos avanços médicos e tecnológicos.

Assim, a especialização na Enfermagem é uma tendência, permite aos profissionais destacarem-se em áreas como oncologia, estética, pediatria e geriatria. Além disso, papéis de liderança em gestão e educação também se expandem.

enfermagem

Fonte: https://news.microsoft.com/pt-br/ano-dos-enfermeiros-primeiros-respondentes-constroem-resiliencia-com-tecnologia-e-dados/

Técnico de Enfermagem pode fazer pós-graduação?

Como é o curso de Enfermagem?

O curso de Enfermagem é uma jornada enriquecedora e desafiadora para aqueles que aspiram a cuidar da saúde e bem-estar das pessoas. Com duração média de quatro anos, abrange uma combinação de teoria e prática, preparando os alunos para cumprirem um papel crucial na área de saúde.

Nesse sentido, as disciplinas abrangem anatomia, fisiologia, farmacologia, ética, microbiologia além de muitas outras. Desse modo, os alunos também aprendem habilidades práticas, desde cuidados básicos até procedimentos avançados. Ainda, estágios clínicos são componentes essenciais, permitindo que os alunos ganhem experiência real em hospitais, clínicas e outras instituições de saúde.

Logo, a interação humana é um pilar fundamental, pois os alunos aprendem a lidar com pacientes, famílias e equipes médicas, desenvolvendo empatia, comunicação eficaz e habilidades de resolução de problemas. Com efeito, a carga de estudos é intensa, mas a sensação de contribuir para a saúde das pessoas torna tudo gratificante.

Ou seja, o curso de enfermagem é uma jornada que exige paixão, comprometimento e habilidades diferenciadas. Por sua vez, a formação não apenas fornece conhecimento médico, mas também molda indivíduos para serem cuidadores compassivos e profissionais de saúde.

Onde o/a Enfermeiro/a pode trabalhar?

Hoje são muitas as áreas nas quais os profissionais de enfermagem podem atuar: hospitais, clínicas e laboratórios são os mais comuns. No entanto, podem atuar também em residências, serviços de saúde ocupacional, organizações voluntárias, na indústria farmacêutica, no serviço militar e na atenção primária.

No hospital, o enfermeiro desempenha um papel vital em unidades de emergência, cuidados intensivos, pediatria, cirurgia e várias outras especialidades. Em centros de reabilitação e asilos, trabalham com pacientes em processos de recuperação ou que necessitam de cuidados de longo prazo, fornecendo suporte emocional e físico.

Nos cuidados domiciliares, os enfermeiros prestam assistência a pacientes que preferem ser tratados em casa, realizando curativos, administração de medicamentos, acompanhamento de doenças crônicas e orientações a familiares. Em âmbitos comunitários, podem participar de campanhas de saúde, programas de prevenção e educação, promovendo o bem-estar geral da população.

Assim, independentemente do local de atuação, as principais habilidades de um enfermeiro incluem empatia, habilidades de comunicação, capacidade de trabalho em equipe e conhecimento técnico. De fato, a natureza dinâmica e diversificada desse trabalho reflete a importância vital do profissional na promoção da saúde e na prestação de cuidados de qualidade em diferentes contextos.

Devo cursar pós em Enfermagem?

Atualmente, optar por cursar uma pós-graduação em enfermagem é uma escolha que abre portas para um leque de oportunidades e especialização na carreira. Além de aprofundar conhecimentos científicos, uma pós oferece a chance de se especializar em áreas específicas, como enfermagem em cuidados intensivos, saúde pública, obstetrícia ou gestão em saúde.

Assim, por meio desse percurso educacional, os enfermeiros têm acesso a pesquisas de ponta e tendências inovadoras na área, permitindo a aplicação de práticas em comprovação nos cuidados aos pacientes. Com efeito, as perspectivas de carreira também se ampliam com uma pós-graduação em enfermagem.

Nesse contexto, cargos de liderança em hospitais, clínicas e instituições de saúde são frequentemente reservadas para profissionais com conhecimentos avançados e habilidades de gestão. Desse modo, a docência em cursos de enfermagem também é uma opção, contribui para a formação de novos profissionais e influencia positivamente a próxima geração de enfermeiros.

Em resumo, uma pós-graduação em enfermagem não apenas aprofunda o conhecimento e as habilidades, mas também abre portas para oportunidades únicas no campo da saúde. De fato, ela capacita os enfermeiros a se destacarem como líderes, pesquisadores e especialistas, trabalhando para a melhoria contínua da assistência médica.

Afinal, como é o mercado de trabalho em Enfermagem?

Como você deve imaginar, nos últimos anos, áreas ligadas à saúde vêm ganhando ainda mais destaque no mercado de trabalho. De fato, a pandemia da Covid-19 e a rápida necessidade de ampliação de serviços de saúde impulsionou este campo de atuação.

Hoje, profissionais de enfermagem comprometidos têm carreiras de sucesso e rapidamente assumem posições de liderança até o nível executivo, por exemplo. Logo, vê-se que é possível trilhar trajetórias profissionais no atendimento clínico, científico, educacional e funções de gerenciamento de hospitais e clínicas.

Com efeito, os constantes avanços tecnológicos e as novas ferramentas para um atendimento qualificado surgem a todo momento, o que exige conhecimento dos novos processos. Nesse sentido, destacam-se os segmentos de enfermagem home care, enfermagem em UTI adulto e neonatal e enfermagem estética.

Em outras palavras, o mercado de trabalho para enfermeiros oferece oportunidades amplas e gratificantes. Contudo, é um campo que exige dedicação, resiliência e aprendizado contínuo para enfrentar os desafios em constante evolução e proporcionar cuidados de saúde de qualidade.

O que é especialização técnica e quem pode fazer?

Conheça alguns cursos de Pós-graduação da Faculdade ITH:

Gestão em Unidade de Alimentação e Nutrição e Negócios Gastronômicos – EAD

Master em Qualidade e Acreditação em Saúde – EAD

Enfermagem Obstétrica – Presencial

Gestão e Liderança em Enfermagem – EAD

Agora que você já sabe como é o mercado de trabalho em Enfermagem, venha conhecer os cursos de graduação, pós-graduação, MBA e extensão da Faculdade ITH, de Goiânia-GO. Você pode cursá-los de forma presencial, on-line ou híbrida.

Para mais informações, fale conosco pelo WhatsApp da Faculdade ITH.

Autoria

Faculdade ITH

Empreendedorismo na Enfermagem: Por Onde Começar Faculdade_ITH

Empreendedorismo na Enfermagem: por onde começar

Você sabia que a área de Enfermagem é uma das mais populares e requisitadas em vestibulares? Exatamente por isso, o empreendedorismo na Enfermagem é impulsionado diariamente.

Como você deve imaginar, profissionais de Enfermagem são fundamentais para o bom funcionamento de hospitais, clínicas e demais instituições de saúde. Vale lembrar que, durante a graduação, a qual dura, em média, cinco anos, os estudantes têm contato com uma formação um tanto quanto ampla.

Desse modo, os profissionais precisam, consequentemente, optar por cursar uma especialização, haja vista que a pós-graduação tem a prerrogativa de aprofundar conhecimentos específicos de determinada área.

Segundo dados do Conselho Federal de Enfermagem , há mais de 2 milhões de enfermeiros atuantes no Brasil. Com isso, fica claro que a Enfermagem apresenta diversas possibilidades de atuação e formação.

Nesse sentido, convém enfatizar uma das possibilidades atuais no mercado de trabalho de Enfermagem: o empreendedorismo. Muitos não sabem, mas esta é uma modalidade cada vez mais procurada pelos profissionais da área.

Tem interesse em saber sobre 6 chaves para um bom Planejamento em Enfermagem? Clique e saiba mais:

image
Fonte: http://biblioteca.cofen.gov.br/consultorios-enfermagem-oportunidades-enfermeiro-empreendedor/

O que é empreendedorismo

Empreendedorismo é um termo bastante usado no setor empresarial e, muitas vezes, está relacionado com a criação de empresas ou produtos novos. Está relacionado, também, com resolver problemas, pensar fora da caixa.

Empreender é, ainda, saber identificar oportunidades e transformá-las em um negócio lucrativo. Quando um empreendedor percebe uma necessidade dos consumidores, ele consegue criar uma maneira de resolver o problema, oferecendo um produto ou serviço que dê uma experiência de mais qualidade ao cliente (agrega valor). Logo, essa solução pode ser transformada em um negócio.

Conforme a pesquisa Desafios dos Empreendedores Brasileiros, ser empreendedor – ou empreendedora – é ter um objetivo e trabalhar para alcançá-lo. No entanto, isso não quer dizer que você estará isento de encontrar desafios no caminho (geralmente, no meio do caminho, há uma pedra, lembra-se?!).

Empreendedorismo na Enfermagem

Já sobre o empreendedorismo na Enfermagem, sabe-se que é uma abordagem que vem ganhando espaço no mercado de trabalho. Antigamente, era muito comum associar a rotina de enfermeiros a hospitais e unidades de saúde. Ou seja, atualmente, as possibilidades de atuação ampliaram e muito.

Apesar da ideia de empreender em Enfermagem ser muito atrativa, saiba que não é tão simples. Afinal, o mercado de trabalho é muito competitivo e exige muito esforço e dedicação. Uma grande sacada é oferecer diferenciais em seus serviços, o que irá trazer um grande valor competitivo perante aos seus concorrentes.

De fato, a formação em Enfermagem traz todo o conhecimento e habilidades necessárias para exercer a profissão, os quais serão importantíssimos para trilhar seu caminho como enfermeiro/a empreendedor/a. Mas, não se esqueça: você precisará desenvolver outros tipos de conhecimentos também!

Áreas de atuação

O mercado de trabalho para profissionais da Enfermagem, especialmente em decorrência da pandemia da COVID-19, permanece bastante aquecido. Nesse sentido, seguem algumas possibilidades de atuação para quem visa ao empreendedorismo na Enfermagem:

Home Care

Atualmente, essa área da Enfermagem segue crescendo muito no atual mercado de trabalho. O serviço home care refere-se ao tipo de serviço em que o profissional vai até a casa do paciente, ou seja, é um atendimento personalizado e que pode ser realizado em pacientes de todas as idades. Principais atribuições desse profissional:

– Fazer curativos;

– Aferir a pressão arterial;

– Aplicação de medicamentos;

– Cuidados pós-operatórios.

Cuidados na terceira idade

Em relação ao cuidado de idosos, vale reforçar que o enfermeiro pode cursar uma pós-graduação em cuidados geriátricos, por exemplo, visando ao atendimento de famílias no cuidado com pessoas da terceira idade. Eis alguns dos principais atendimentos:

  • – Assistência na medicação;
  • – Segurança do ambiente;
  • – Auxílio na alimentação;
  • – Higiene corporal.

Cuidado com crianças

Muitas famílias não se sentem confortáveis em deixar os filhos em creches ou berçários. Assim, eles preferem contratar algum profissional para auxiliar no cuidado com as crianças. Desse modo, os enfermeiros que empreendem nessa área são bastante requisitados. Algumas das principais funções são:

  • – Assistência no cuidado de recém-nascidos;
  • – Assistência às crianças;
  • – Aplicação de medicamentos;
  • – Higienização;
  • – Aplicação de vacinas;
  • – Cuidado no tratamento contra doenças.

Consultórios e clínicas de enfermagem

Para aqueles profissionais que querem empreender na área, esse é um ótimo caminho:

Clínica de Enfermagem: empreendimento onde são realizados diversos tipos de procedimentos, como realização de curativos, aplicação de remédios, interpretação de exames, entre outros.

Consultório de Enfermagem: local onde são realizadas consultas de enfermagem.

Enfermagem estética: No atual cenário, principalmente no Brasil, os enfermeiros estão inovando ao se especializarem em procedimentos estéticos. Confira alguns que podem ser realizados por esses profissionais:

  • – Aplicação de Cosméticos;
  • – Criolipólise;
  • – Depilação a laser;
  • – Drenagem linfática;
  • – Micropigmentação;
  • – Peeling superficial e médio;
  • – Aplicação de toxina botulínica e ácido hialurônico.

Deseja saber sobre a carreira de Enfermeiro emergencista? Então leia nosso artigo. É só clicar!

Assim, a carreira de enfermeiro que tem visão e/ou perfil empreendedor(a) exige criatividade, muito trabalho e competência. Por isso, para ter sucesso profissional, é fundamental adquirir conhecimento sobre o mundo dos negócios, como marketing, contabilidade e gestão, além de boa capacidade de comunicação e relacionamento com pacientes e funcionários.

Atuando na Enfermagem de forma empreendedora, você tem mais liberdade para definir seus horários, autonomia para determinar locais para exercer a profissão e flexibilidade para desfrutar da vida profissional em relação a enfermeiros que não são empreendedores, por exemplo.

Agora que você está por dentro do empreendedorismo na Enfermagem, venha estudar por meio dos cursos de graduação, especialização e MBA da Faculdade ITH, de Goiânia-GO. Você pode cursá-los de forma presencial, on-line ou híbrida.

Para mais informações, segue link do WhatsApp da Faculdade ITH: https://web.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=556230917079

Autoria

Faculdade ITH

Empreendedorismo na Enfermagem: Por Onde Começar Faculdade ITH

Empreendedorismo na Enfermagem: por onde começar

Você sabia que a área de Enfermagem é uma das mais populares e requisitadas em vestibulares? Exatamente por isso, o empreendedorismo na Enfermagem é impulsionado diariamente.

Como você deve imaginar, profissionais de Enfermagem são fundamentais para o bom funcionamento de hospitais, clínicas e demais instituições de saúde. Vale lembrar que, durante a graduação, a qual dura, em média, cinco anos, os estudantes têm contato com uma formação um tanto quanto ampla.

Desse modo, os profissionais precisam, consequentemente, optar por cursar uma especialização, haja vista que a pós-graduação tem a prerrogativa de aprofundar conhecimentos específicos de determinada área.

Segundo dados do Conselho Federal de Enfermagem , há mais de 2 milhões de enfermeiros atuantes no Brasil. Com isso, fica claro que a Enfermagem apresenta diversas possibilidades de atuação e formação.

Nesse sentido, convém enfatizar uma das possibilidades atuais no mercado de trabalho de Enfermagem: o empreendedorismo. Muitos não sabem, mas esta é uma modalidade cada vez mais procurada pelos profissionais da área.

Tem interesse em saber sobre 6 chaves para um bom Planejamento em Enfermagem? Clique e saiba mais:

image
Fonte: http://biblioteca.cofen.gov.br/consultorios-enfermagem-oportunidades-enfermeiro-empreendedor/

O que é empreendedorismo

Empreendedorismo é um termo bastante usado no setor empresarial e, muitas vezes, está relacionado com a criação de empresas ou produtos novos. Está relacionado, também, com resolver problemas, pensar fora da caixa.

Empreender é, ainda, saber identificar oportunidades e transformá-las em um negócio lucrativo. Quando um empreendedor percebe uma necessidade dos consumidores, ele consegue criar uma maneira de resolver o problema, oferecendo um produto ou serviço que dê uma experiência de mais qualidade ao cliente (agrega valor). Logo, essa solução pode ser transformada em um negócio.

Conforme a pesquisa Desafios dos Empreendedores Brasileiros, ser empreendedor – ou empreendedora – é ter um objetivo e trabalhar para alcançá-lo. No entanto, isso não quer dizer que você estará isento de encontrar desafios no caminho (geralmente, no meio do caminho, há uma pedra, lembra-se?!).

Empreendedorismo na Enfermagem

Já sobre o empreendedorismo na Enfermagem, sabe-se que é uma abordagem que vem ganhando espaço no mercado de trabalho. Antigamente, era muito comum associar a rotina de enfermeiros a hospitais e unidades de saúde. Ou seja, atualmente, as possibilidades de atuação ampliaram e muito.

Apesar da ideia de empreender em Enfermagem ser muito atrativa, saiba que não é tão simples. Afinal, o mercado de trabalho é muito competitivo e exige muito esforço e dedicação. Uma grande sacada é oferecer diferenciais em seus serviços, o que irá trazer um grande valor competitivo perante aos seus concorrentes.

De fato, a formação em Enfermagem traz todo o conhecimento e habilidades necessárias para exercer a profissão, os quais serão importantíssimos para trilhar seu caminho como enfermeiro/a empreendedor/a. Mas, não se esqueça: você precisará desenvolver outros tipos de conhecimentos também!

Áreas de atuação

O mercado de trabalho para profissionais da Enfermagem, especialmente em decorrência da pandemia da COVID-19, permanece bastante aquecido. Nesse sentido, seguem algumas possibilidades de atuação para quem visa ao empreendedorismo na Enfermagem:

Home Care

Atualmente, essa área da Enfermagem segue crescendo muito no atual mercado de trabalho. O serviço home care refere-se ao tipo de serviço em que o profissional vai até a casa do paciente, ou seja, é um atendimento personalizado e que pode ser realizado em pacientes de todas as idades. Principais atribuições desse profissional:

– Fazer curativos;

– Aferir a pressão arterial;

– Aplicação de medicamentos;

– Cuidados pós-operatórios.

Cuidados na terceira idade

Em relação ao cuidado de idosos, vale reforçar que o enfermeiro pode cursar uma pós-graduação em cuidados geriátricos, por exemplo, visando ao atendimento de famílias no cuidado com pessoas da terceira idade. Eis alguns dos principais atendimentos:

  • – Assistência na medicação;
  • – Segurança do ambiente;
  • – Auxílio na alimentação;
  • – Higiene corporal.

Cuidado com crianças

Muitas famílias não se sentem confortáveis em deixar os filhos em creches ou berçários. Assim, eles preferem contratar algum profissional para auxiliar no cuidado com as crianças. Desse modo, os enfermeiros que empreendem nessa área são bastante requisitados. Algumas das principais funções são:

  • – Assistência no cuidado de recém-nascidos;
  • – Assistência às crianças;
  • – Aplicação de medicamentos;
  • – Higienização;
  • – Aplicação de vacinas;
  • – Cuidado no tratamento contra doenças.

Consultórios e clínicas de enfermagem

Para aqueles profissionais que querem empreender na área, esse é um ótimo caminho:

Clínica de Enfermagem: empreendimento onde são realizados diversos tipos de procedimentos, como realização de curativos, aplicação de remédios, interpretação de exames, entre outros.

Consultório de Enfermagem: local onde são realizadas consultas de enfermagem.

Enfermagem estética: No atual cenário, principalmente no Brasil, os enfermeiros estão inovando ao se especializarem em procedimentos estéticos. Confira alguns que podem ser realizados por esses profissionais:

  • – Aplicação de Cosméticos;
  • – Criolipólise;
  • – Depilação a laser;
  • – Drenagem linfática;
  • – Micropigmentação;
  • – Peeling superficial e médio;
  • – Aplicação de toxina botulínica e ácido hialurônico.

Deseja saber sobre a carreira de Enfermeiro emergencista? Então leia nosso artigo. É só clicar!

Assim, a carreira de enfermeiro que tem visão e/ou perfil empreendedor(a) exige criatividade, muito trabalho e competência. Por isso, para ter sucesso profissional, é fundamental adquirir conhecimento sobre o mundo dos negócios, como marketing, contabilidade e gestão, além de boa capacidade de comunicação e relacionamento com pacientes e funcionários.

Atuando na Enfermagem de forma empreendedora, você tem mais liberdade para definir seus horários, autonomia para determinar locais para exercer a profissão e flexibilidade para desfrutar da vida profissional em relação a enfermeiros que não são empreendedores, por exemplo.

Agora que você está por dentro do empreendedorismo na Enfermagem, venha estudar por meio dos cursos de graduação, especialização e MBA da Faculdade ITH, de Goiânia-GO. Você pode cursá-los de forma presencial, on-line ou híbrida.

Para mais informações, segue link do WhatsApp da Faculdade ITH: https://web.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=556230917079

Autoria

Faculdade ITH

Back to Top
O curso foi adicionado no carrinho
Pular para o conteúdo